Precisa importar operações e o sistema da exchange ou wallet não permite fazer isso automaticamente? Descubra neste artigo como importar operações através da nossa planilha padrão.

Confira o passo a passo a seguir.

Passo a Passo

  1. Baixe nossa planilha padrão e o exemplo da planilha preenchida;
  2. Separe suas operações por exchange, pois cada planilha deverá ser importada em sua respectiva carteira;
  3. Com base na planilha do exemplo, preencha sua planilha padrão com as informações das operações que deseja importar;
  4. Se quiser que o sistema calcule o valor de suas operações e das taxas automaticamente, preencha os campos de criptoativos e quantidade e deixe as colunas de valor em branco;
  5. Não é necessário organizar as operações por data, pois o sistema faz isso automaticamente.

Importando a planilha padrão

Após a planilha padrão preenchida, é necessário adicioná-la ao sistema da Fiscal Cripto. Siga os passos abaixo.

  •  Acesse sua conta da Fiscal Cripto;
  • No menu “Carteiras” selecione a carteira onde você deseja incluir suas operações e clique no botão “Adicionar operações“;
  • Clique em “Importação manual” e no botão Adicionar operações;

  • Selecione o seu arquivo com a planilha padrão preenchida;
  • Clique no botão “Importar”.

Pronto! Assim que sua importação estiver concluída, você receberá um e-mail avisando.

Saiba Mais

Nosso CEO Guilherme Zamur preparou uma série de vídeos mostrando o passo a passo para importar operações, dá só uma olhada:

1. Como registrar suas operações de compra e venda?

2. Como registrar suas operações de transferência e retirada da Exchange?

3. Como registrar as operações de permuta?

4. Como registrar operações de doação, cessão e outras transferências?

5. Como registrar operações de dação em pagamento?

6. Como registrar operações de aquisição originária?

Nota: Alguns exemplos de operações registradas como aquisições originárias podem ser entradas em carteira por mineração, airdrop e recompensas de staking/farming/LP.